Cultura

Dança. À conversa com o bailarino Bernardo Venceslau

Bernardo Venceslau (2)

PERFIL

Bernardo Pereira Venceslau nasceu a 10 de março de 1996.

Foi aos 12 anos, na Vestiaria, que iniciou a sua vida na dança, algo que desde sempre lhe despertou interesse.

Como e quando começou o teu envolvimento com o mundo da dança?

Desde pequeno que adoro dançar. Sempre me lembro de dançar em festas e bailes, mas começou mais a sério, em 2008, quando os meus pais me deram a oportunidade de experimentar as aulas de dança de salão, que na altura existiam na Sociedade Filarmónica Vestiariense. A partir daí nunca mais consegui parar.

Neste momento, trabalhas nesta área? Quanto tempo treinas diariamente?

Sim, neste momento, dedico-me todos os dias à dança, entre dar aulas, treinos, competições e espetáculos.

Quanto aos horários de treino, esses variam consoante a fase da época desportiva e as competições que estamos a preparar. O nosso ritmo de treinos pode variar entre as 6/9 horas semanais até às 8 horas diárias em regime bidiário. Contudo, o meu par, Maira Caires, está no último ano de Medicina e nem sempre é fácil conseguir conjugar os horários de treino com o curso. Eu tenho um pouco mais de sorte, pois já terminei a licenciatura.

(Saiba mais na edição impressa e digital do jornal O ALCOA de 19 de março de 2020)

Outras notícias em Cultura