Opinião

Banner_AfonsoLuis

Estradas

Escrevi aqui uma vez que a única via moderna que serve Alcobaça é o IC 9, ligando a Nazaré a Tomar. A Estradas de Portugal dá-nos a sensação de não atribuir grande importância à nossa cidade. Vejamos porquê. Aquela via, o IC9, é a mais rápida e funcional que liga tanto Alcobaça como a Nazaré ao Santuário de Fátima. E é sabido que muitos turistas estrangeiros que visitam a Nazaré e a sua belíssima praia, e também Alcobaça e o seu imponente Mosteiro, se deslocam frequentemente a Fátima. A estes, e a todos nós, cidadãos do país, depara-se uma estrada cheia de remendos e com um piso miserável, ligando o IC 9 ao santuário.
Também os automobilistas que circulam na A8, sentido sul norte, têm, próximo das Caldas da Rainha, uma indicação de Alcobaça a 26 Km e, dois quilómetros e poucos metros à frente, uma outra indicação de Alcobaça a 35 Km. Parece que estamos a andar para trás…
A nossa cidade apresenta ao visitante uma sinalização bastante boa do ponto de vista do burgo em si. Já quanto às saídas para o exterior há duas falhas notórias: ir para a Nazaré pelo IC9 é só para quem sabe, pois o respetivo sinal aparece apenas à entrada da via – noutros pontos da cidade… nicles. Por outro lado, a sul, a direção de Turquel nunca aparece, apenas a da Benedita. Ora, cidades, vilas e aldeias têm, por esta ordem, prioridade na sinalização. Sendo vilas ambas as localidades, Turquel e Benedita, não se compreende que apenas uma seja sinalizada.
Admitindo que os aspetos focados sejam da alçada da Estradas de Portugal, o município poderia, em alguns casos, sugerir a intervenção daquela entidade. No caso da estrada que liga o IC9 a Fátima, sendo a Câmara de Ourém a principal interessada, seria importante que Nazaré e Alcobaça se empenhassem, juntamente com Ourém, numa justa reivindicação ao poder central para que aquela via oferecesse um piso minimamente aceitável. É que está em causa o turismo, religioso e não só, de toda a região.

Outras notícias em Opinião

  • O Inferno, o Céu e a oração do rico

    O mês de novembro é dedicado aos mistérios do encontro ou desencontro com Deus. Pode ser um encontro feliz, inesgotável e exultante, ou pode ser…

  • Princípio da participação

    Cada um de nós faz parte de uma família; e, em maior ou menor grau, faz parte de uma ou mais associações, outras instituições, empresas,…

  • O valor do Património Cultural

    “Se destruís o passado, destruís a alma. Ficais sem raízes para corrigir o futuro. Os homens foram notáveis pelo que fizeram de notável”. Palavras colocadas…

  • Princípio da subsidiariedade

    O princípio da subsidiariedade baseia-se na dignidade e autonomia de cada pessoa e família, defendendo que as diferentes organizações privadas, com ou sem fins lucrativos,…

  • Destino Universal dos Bens 2166

    Este é o terceiro princípio fundamental da doutrina social da Igreja (DSI), depois da igual dignidade humana e do bem comum abordados em artigos anteriores…

  • A festa da alegria

    Nestas últimas semanas, a Igreja lançou, em todo o mundo, um projecto renovado de evangelização. Este mês de outubro foi declarado um Mês Missionário Extraordinário,…

  • Rasoamanarivo

    A 7 de setembro, durante a viagem a Moçambique, Madagáscar e República da Maurícia, o Papa fez questão de visitar o túmulo de Victoire Rasoamanarivo,…

  • Francisco e Bento XVI publicam um livro em parceria

    Os autores são Papa Francisco e Bento XVI, o título é “Não façam mal a nenhum destes pequeninos. A voz de Pedro contra a pedofilia”.…

  • Princípio do «Bem comum»

    A seguir à dignidade humana, o segundo princípio fundamental da doutrina social da Igreja (DSI) respeita ao bem comum, isto é: o conjunto de bens…

  • Perfume de poesia na Igreja Católica

    No próximo dia 5 de outubro, a Igreja passará a contar com mais 13 novos cardeais. Um deles é o português José Tolentino Mendonça, um…