Gala. A centenária Filarmónica Turquelense assinala aniversário

Afonso Luís
Bancário aposentado

No passado sábado, dia 10, o Centro Cultural Gonçalves Sapinho foi palco da gala comemorativa dos 109 anos da Sociedade Filarmónica Turquelense. A apresentação ficou a cargo de Pedro Luís, que dirige o Grupo Cénico da instituição, e do jovem Martim Carvalho, que integra este grupo.

A sessão começou com uma rábula da equipa do grupo de teatro, seguindo-se o Conjunto da Escola de Música, dirigido pela professora Susana Quitério, e que interpretou Pavane (Pour une infante defunte), de Ravel e Três apontamentos do bailado “Quebra-Nozes”, de Tchaikovsky. Também o Grupo Coral, uma nova modalidade da Filarmónica, dirigido pela professora Sara Rocha, apresentou três composições: Coro dos Escravos da Ópera NABUCO, uma Gotinha de Água (canção alentejana) e Turquel Branquinho. O grande momento da noite foi o Concerto da banda da Filarmónica, sob a direção do maestro Samuel Pascoal, que interpretou as seguintes composições: Alvamar Ouverture, de James Barnes; Rhapsody for euphonium and band, de James Brown (solista em eufónio: Tomás Dias); El caminho real, de Alfred Reed e Ross Roy, de Jacob de Haan.

Saiba mais na edição impressa e digital de 15 de dezembro de 2022.

Afonso Luís
Bancário aposentado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found