Gisela Silva participa em projeto ambiental em São Tomé e Príncipe

De 2 de julho a 14 de agosto de 2016, Gisela Silva, de 23 anos, do Casal da Charneca, Évora de Alcobaça, esteve em São Tomé e Príncipe no âmbito de um projeto ambiental apoiado pela Organização Não-Governamental (ONG) pró-desenvolvimento, WACT – We Are Changing Together.
“Em São Tomé e Príncipe, existe um grande problema relacionado com o abate de árvores para a produção de carvão e, por outro lado, têm muitas serralharias, e há muito desperdício de serradura”, contou a’O ALCOA Gisela Silva, adiantando que “essa serradura é posta depois em montes, nas ruas, e depois queimada para desocupar espaço”. O projeto de Gisela Silva, Hugo Mota e Mariana Valério, coordenado no terreno por Inês Couceiro, está ligado ao aproveitamento da serradura para fazer briquetes através de uma prensa, que podem ser substitutos do carvão. “Esta alternativa apresenta vantagens ambientais como diminuir o abate de árvores e redução da dependência energética de carvão”, explica Gisela Silva.

(Saiba mais na edição em papel e digital de 6 de outubro de 2016)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found