Vida

Menos sal, mais saúde ao seu coração

coracao-colesterolsite

Quase metade da população portuguesa (42 por cento) sofre de hipertensão arterial (vulgo “tensão alta”). Esta doença é considerada “silenciosa” por não apresentar sintomas, mas pode levar ao aparecimento de problemas graves como é o caso do acidente vascular cerebral (AVC), que é a principal causa de morte em Portugal. Apesar da tensão arterial ter tendência a subir com o avançar da idade, as principais causas para o aparecimento desta doença são uma ingestão elevada de sal, sedentarismo, obesidade e hábitos tabágicos. Assim, de forma a controlar os níveis de pressão arterial, todos nós, independentemente da idade, devemos optar por uma alimentação saudável, preferencialmente sem adição de sal.
De facto, o sal é essencial para as funções básicas do organismo, no entanto, os alimentos que ingerimos já contêm sal em quantidade suficiente.
A organização mundial de saúde (OMS) recomenda que não se ingiram mais do que 5,5 gramas de sal por dia, o que implica que se reduza significativamente a adição de sal às refeições. De forma a torná-las igualmente saborosas pode optar por adicionar várias especiarias e ervas aromáticas aos seus cozinhados, o que lhes confere um sabor agradável e delicioso.
Mas não basta diminuir a adição de sal à refeição, é também necessário evitar o consumo de produtos alimentares ricos em sal, como por exemplo: batatas fritas de pacote, aperitivos, azeitonas, salsichas, presunto, enchidos, queijo, manteiga com sal, conservas, molhos industrializados e refeições pré-preparadas. O bacalhau deve ser consumido sempre muito bem demolhado.
Para além da redução de sal, os indivíduos com hipertensão arterial devem aumentar o consumo de alimentos ricos em potássio (ex: feijão, batata, espinafres, banana…) uma vez que está provado que o consumo deste mineral ajuda a baixar os valores da pressão arterial. Estes estudos sugerem o consumo de 3,5 gramas de potássio por dia, o que se consegue atingir aumentando o consumo de frutos e vegetais.
Se tem excesso de peso, lembre-se que uma diminuição superior a 3 por cento do peso corporal é suscetível de diminuir os valores de pressão arterial! Para isso, preste especial cuidado à alimentação e pratique exercício físico com regularidade, mesmo que seja de baixa intensidade.
Em suma, de forma a melhorar a sua saúde reduza a quantidade de sal que ingere diariamente, evitando adicionar sal às refeições e preferindo alimentos naturais em detrimento dos industrializados que contêm sal adicionado.

Outras notícias em Vida