Nazaré. Dia do Homem do Mar celebrado de forma diferente

A Nazaré homenageou, no dia 3 de maio, a comunidade piscatória do concelho comemorando o Dia do Homem do mar, de uma forma simbólica, com a bênção do mar e a presença de um grupo restrito na celebração.

A data é uma tradição nazarena que se costuma celebrar no primeiro fim de semana de maio, através de procissões pedestres e marítimas, e sempre com a organização da Paróquia da Pederneira – Nazaré, Rumo à Pesca e Apostolado do Mar, e a colaboração da Câmara Municipal e Confraria Nossa Senhora da Nazaré.

Este ano, devido às restrições geradas pela necessidade de conter a pandemia do novo Coronavírus, a festa não se pode realizou nos moldes habituais, mas a organização não quis deixar passar a data em branco, e fez questão de a celebrar.

“Trata-se de um dia importante para a memória da nossa comunidade”, refere a Paróquia, pelo que se realizou, hoje, uma “singela homenagem” aos que trabalham no mar, junto ao Bico da Memória, no Sítio da Nazaré.

O momento celebrativo consistiu numa bênção do mar e cumpriu as medidas de salvaguarda e distanciamento social, não tido sido aberto ao público, mas apenas a um número limitado de convidados.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos
WhatsApp Image 2024-06-03 at 12.09.27

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found