Opinião

Quarentena-em-casa

O que posso fazer para me sentir melhor de quarentena em casa?

Caro leitor, cara leitora,

Durante os últimos dias, tem sido visível a quantidade de notícias que surgem nas televisões e nas redes sociais, sobre o período que estamos a atravessar.
No geral, esta fase é marcada por dúvidas e medos, que por vezes impedem que se possa sentir em equilíbrio.
Trata-se de uma situação que demonstra uma certa imprevisibilidade, quando pensamos sobre o que vai acontecer futuramente. E essa incerteza torna-se no gatilho para que se sinta mais tenso(a). Sentir-se mais ansioso(a) agora, é normal e natural.
Para que consiga aumentar o seu bem-estar durante este período, sugiro algumas atividades fáceis de realizar. Pode começar por fazer um exercício breve de respiração diário. Sugiro que escolha um sítio calmo e que se sente numa posição confortável. Coloque as mãos na zona da barriga, abaixo do peito e comece por inspirar e expirar lentamente, contando 4 segundos de cada vez que inspira e 6 segundos de cada vez que expira. Repita 3 vezes. Pode aproveitar para realizar alguma tarefa que goste ou que tem vindo a adiar por falta de tempo. Arrumar umas gavetas de um armário, dedicar tempo para cuidar do vaso que tem na varanda e que o vento teima em desajeitar, ou simplesmente tomar um chá enquanto lê o jornal, ao som do que na rua se vai passando. Sugiro também que limite o tempo que passa a ver ou a ouvir notícias, pois esta exposição frequente pode causar ainda mais desconforto.
A ansiedade é um estado de agitação interior que nos mantém mais alerta. Alerta para nos protegermos e nos defendermos do perigo. Para além de todas as medidas de prevenção que devemos ter, acredito que seja benéfico agir com naturalidade, respeitando sempre as nossas emoções e pensamentos para que, com serenidade, sejamos capazes de alcançar o equilíbrio em cada um de nós.

Outras notícias em Opinião