Paulo Inácio. “Hoje a câmara não deve um cêntimo aos fornecedores”

Foto por Catarina Reis

PERFIL

Nome: Paulo Inácio
Idade: 50 anos
Naturalidade: Mafra
Formação académica: Licenciado em Direito
Atividade profissional: Atual presidente de câmara, advogado

Paulo Inácio, 50 anos, recandidata-se à Câmara Municipal de Alcobaça para um último mandato.

O que o leva a candidatar-se?
No primeiro mandato, fiz um esforço de recuperação financeira da câmara; neste segundo mandato, negociámos fundos comunitários importantes, dos melhores a nível do Oeste, que já começaram a ser executados e vão ser concluídos no próximo mandato. Portanto, quem teve tanto trabalho para negociar fundos essenciais para o futuro do nosso concelho e conseguiu obtê-los, obviamente que pretende executá-los, para além da continuação de práticas de políticas sociais que o concelho de Alcobaça nunca viu.

O que faz um bom político?
Um bom político é aquele que consegue fazer obra, reduzindo impostos e não hipotecando o futuro. Deixar ao próximo presidente de câmara, ao próximo político, uma vida mais facilitada do que a que encontrou.

Como está a atual situação financeira da câmara?
Hoje não deve um cêntimo a fornecedores. Todas as dívidas bancárias estão pagas, excetuando uma de 3,8 milhões. Temos 10 milhões na tesouraria, que estão preparados para a internalização para a resolução da questão da Cister Equipamentos SA. Tudo o resto está pago. Ou seja, nos próximos tempos, a câmara só vai ter uma dívida bancária que é a da Cister Equipamentos SA.

(Saiba mais na edição em papel e digital de 7 de setembro de 2017)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found