Praia. Época balnear abriu há um mês, mas ainda faltam nadadores-salvadores

A época balnear começou há cerca de um mês, mas não com o número de nadadores-salvadores desejável. Segundo anunciou o vereador Orlando Rodrigues, da Câmara Municipal da Nazaré, a 4 de julho, na reunião do município, “o concelho necessitava de 24 nadadores-salvadores, mas só conseguimos 19”. A falta de pessoal disponível para recrutamento foi a razão apontada pelo vereador que, mesmo sem a equipa desejável, assegura que “a vigilância das praias está garantida”. Sobre este problema, que afirma ser “transversal ao país”, Walter Chicharro, presidente da Câmara Municipal da Nazaré, admite que “as dificuldades sentidas pelo município seriam maiores, se não tivessem uma equipa residente, composta por cinco nadadores-salvadores que trabalham o ano inteiro para o município, na praia da vila”, uma aposta na segurança que existe há seis anos, e que, “se não fosse esse compromisso”, nem esses teriam.

Este ano, a Nazaré ganhou mais uma praia balnear, a praia do Norte, que se junta às praias da vila e do Salgado. Esta última também tem sido garantida pelo município, uma vez que há cinco anos que não há concessionário. Relembre-se que a este cabe o investimento na contratação dos nadadores-salvadores, na área das suas praias, e à câmara, nas restantes zonas.

Saiba mais na edição impressa e digital de 21 de julho de 2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos
WhatsApp Image 2024-06-03 at 12.09.27

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found