Opinião

Banner---OPINIAO-João-Maurício

Recordando a inauguração da Igreja da Benedita, 65 anos depois!

O Diário de Lisboa, na sua edição de 14 de Agosto de 1955 publicou, na página 11, uma interessante notícia, recebida pelo telefone. O título, ilustrado com uma foto do templo, diz-nos “A nova igreja da Benedita foi hoje inaugurada”.
O autor do texto – pensamos que terá sido Armando Baltazar – diz-nos que “as ruas encontram-se vistosamente engalanada e atapetadas de alecrim e murta“.
O articulista, depois de fazer um merecido elogio ao Padre Inácio Artur, escreve “à chegada do Sr. Cardeal Patriarca D. Manuel Gonçalves Cerejeira a multidão soltou entusiásticas vivas e os sinos tocaram festivamente”. Dizemos nós que o sineiro, de boa memória, era Silvestre Castelhano, figura em destaque no meu próximo livro que espero publicar no próximo ano.
Depois de referir outros detalhes, o autor termina a sua frase “à hora que telefonamos, o Sr. Cardeal Patriarca procede à bênção da igreja. Seguir-se-ão as cerimónias da inauguração da cabine elétrica e do lançamento da primeira pedra para o Centro de Assistência Social”.

Nota final: a inauguração da igreja da Benedita teve ampla divulgação na imprensa regional e nacional, nomeadamente no Comércio do Porto. Recordamos o belo texto publicado pelo saudoso José Luís Machado (Zito) neste jornal.

Outras notícias em Opinião

  • Alimentação versus ansiedade

    A população mundial está a viver dias desafiantes e difíceis relativamente à pandemia do vírus Covid-19. Existem restrições e limitações a nível do quotidiano e,…

  • Igreja da N. Sr.ª dos Prazeres: medievalidade e presente

    Recuemos até ao século XIII à vila de Aljubarrota, uma das catorze vilas dos Coutos Alcobacenses. Nesta localidade, na época, existira um templo que é…

  • Fui ao teatro e ELAS encheram a sala!

    Há tempo falaram-me de um grupo de mulheres que faziam teatro amador e que, cada vez que ELAS se propunham pôr uma peça em palco,…

  • Romã e tangerina

    A romã e a tangerina são duas frutas do outono. De cores diferentes mas com uma densidade nutricional muito semelhante. Os bagos da romã vermelhos…

  • A importância de uma eleição

    Quando se fala das eleições norte-americanas, não podemos dizer: é lá com eles. Não. As eleições do país mais poderoso do planeta dizem também respeito…

  • A nossa herança gastronómica e o tempo presente

    Se não vivêssemos tempos tão difíceis, fruto de uma pandemia, estaríamos por esta altura a inaugurar a Mostra Internacional de Doces e Licores Conventuais no…

  • Extraordinários. Mães

    Neste 2020, em cada edição, pessoas extraordinárias em algum aspeto da sua vida, com ligação à nossa região. A minha mãe, que já não nos…

  • Os privilégios da terceira idade

    Sabe-se que Portugal é um pais constituído maioritariamente por idosos, que contrastam em grande número com a população mais nova. Hoje trago-vos um desafio para…

  • Saiba mais sobre os frutos secos

    A ameixa, o figo e as uvas secas são uma forma diferenciada de comer fruta. Porém, é importante ter a consciência que a forma seca…

  • Correr atrás do prejuízo!

    Os dados recentes do INE colocam Alcobaça como o 29.º concelho do país, em 308 municípios, onde o desemprego mais cresceu (+52%) e a perder…