Memória

Santa Casa da Misericódia do Vimeiro

Atual-Vimeiro-Aniversário da Misericórdia 012site

A Santa Casa da Misericórdia do Vimeiro comemorou, a 21 de janeiro, 20 anos da sua fundação. Na presença de associados, funcionários e crianças que frequentam a instituição, houve festa e foi partido o bolo comemorativo.
A este propósito, um pouco da história da instituição. Corria o ano de 1992 e já se falava na necessidade da freguesia ser dotada de um lar de idosos e de uma creche, benefícios que outras freguesias já tinham. E com essa finalidade realizou-se a primeira reunião a 27 de novembro desse mesmo ano, com a presença do pároco de então, Inácio Belo, do Dr. Maia, presidente da Assembleia Geral da União das Misericórdias e de dois funcionários, António Cadouço e Joaquim Jorge, respetivamente secretário da misericórdia de Rio Maior e administrador do hospital da mesma misericórdia. Esta reunião foi uma sessão de esclarecimento ao público em relação às misericórdias. A ideia era criar uma no Vimeiro. Nova reunião teve lugar no dia 11 do mês seguinte, dezembro, no salão paroquial, sendo criada uma comissão, denominada comissão de arranque, com o fim de angariar sócios que seriam os Irmãos Fundadores a tomar parte na primeira Assembleia extraordinária.
Com efeito, no dia 2 de janeiro de 1993, foi criada a primeira Misericórdia do Vimeiro. Havia já 262 sócios inscritos e, novamente na presença do Dr. Maia e do pároco Belo, os Irmãos Fundadores elegeram uma Comissão Instaladora, composta por nove elementos, que tinha a missão de gerir todos os trabalhos preliminares inerentes à obra que acabava de nascer, até às primeiras eleições dos Corpos Gerentes.
“Hoje nasceu no Vimeiro uma Misericórdia”, palavras do Dr. Maia no final da votação, congratulando-se com a iniciativa.
A Santa Casa da Misericórdia do Vimeiro administra hoje as seguintes valências: creche, com 37 utentes; prolongamento do Jardim de Infância do Vimeiro e Gaio com 40 utentes; ATL com 40 utentes; Centro de Convívio com 35 utentes; Apoio Domiciliário com 42 utentes; serviço de Banco Alimentar que apoia 15 famílias. O apoio domiciliário começou em dezembro de 1993.
Atualmente, Miguel Almeida é o provedor da Instituição; o pároco François Diouf, vice-provedor, e Fátima Leitão, diretora-técnica.

Outras notícias em Memória