Negócios

São Martinho. A baía onde há as melhores algas do mundo

escolhida-Ricardo-Macedo-COR

É uma das mais bonitas baías do mundo, mas São Martinho do Porto é também uma «pérola» pela qualidade das suas algas. Um tesouro único no mundo que o são-martinhense Ricardo Macedo quer valorizar.
O projeto Limo no Cais começou há dois anos, mas a paixão e a vontade de fazer algo por São Martinho do Porto não é de agora. “Esta é a minha terra, onde nasci e cresci”, conta a’O ALCOA. Depois de alguns anos fora da vila, Ricardo Macedo notou que “não só a vila não evoluiu como regrediu”. “O que tínhamos de diferente, que pudéssemos valorizar?”. A resposta estava mesmo ali à «mão de apanhar»: as algas vermelhas. “Um limo raro, único no mundo, do qual é retirado o ágar tipo gelidium, de excelente qualidade, que é vendido a peso de ouro, que não valorizamos” e que é utilizado na “gastronomia, indústria farmacêutica, velas aromáticas, sabonetes naturais, mas também como substituição do plástico ou em matéria têxtil”. Estas algas vermelhas “têm ainda a vantagem de ser um recurso 100% utilizável, uma vez que depois de retirado o ágar-ágar, a biomassa que sobra ainda pode ser usada para farinhas ou fertilizantes”, garante.

 

Saiba mais na edição impressa e digital de 17 de setembro de 2020.

 

Outras notícias em Negócios