“Acredito que o relvado sintético será benéfico para o clube”

Foto por Gonçalo Ferreira

A União Desportiva de Turquel é um dos clubes com mais história no concelho de Alcobaça e mesmo no distrito. As dificuldades são inerentes, mas a vontade de crescer dos responsáveis tem sido o suporte necessário para que a instituição não morra. A colocação de um relvado é um desejo prometido pela Câmara Municipal de Alcobaça e que segundo o jovem presidente do clube, Fábio Carreira em entrevista exclusiva ao ALCOA, irá desenvolver e dinamizar esta intuição desportiva da freguesia turquelense.

A União Desportiva de Turquel é um clube com enorme historial e história no concelho de Alcobaça e no distrito de Leiria. Como pode relatar o crescimento deste clube desde que foi atleta até agora como presidente?
O crescimento do clube tem sido notório ao longo dos últimos anos em vários itens, fazendo a ponte entre esses espaços temporais é visível o melhoramento de infraestruturas, o melhoramento na capacidade de transporte dos nossos atletas para os jogos, a formação dos nossos treinadores, o alargamento do numero de atletas filiados entre outros.

É o atual presidente do clube, mas podemos dizer que és mais que presidente, pois executas muitas funções no clube, como por exemplo, treinador dos Seniores Masculinos. O que levou a candidatar-se ao cargo de presidente da UD Turquel?
Quem conhece o associativismo sabe que por vezes existem poucas pessoas para muitas tarefas e nós não fugimos á regra, antes de ser presidente já era treinador, o treino é o meu hobbie, a presidência a minha responsabilidade social. Foram três as razões, a primeira dar continuidade ao bom trabalho realizado nos últimos anos, a segunda paixão que tenho pelo clube e a terceira a necessidade de contribuir em conjunto com a restante direção para a possibilidade de jovens poderem praticar futebol na freguesia, tal como outras pessoas o asseguraram quando eu era jogador.

Quanto ao clube em si, poderá precisar-nos quantos atletas e escalões que contam nos seus quadros?
Neste momento contamos com o escalão de traquinas, de benjamins, infantis, juvenis, seniores femininos e seniores masculinos, perfazendo um total de aproximadamente 100 atletas, um número que me parece bastante interessante dadas as condições que possuímos e que só é possível graças à dedicação e empenho de atletas, pais, treinadores…Sem eles, nada disto era possível. É um orgulho para nós saber que ainda existem tantos atletas com vontade em vestir a nossa camisola.

O clube tem vários escalões de formação, inclusivamente tem sido pioneiro no concelho nos últimos anos em vários projetos, como a criação de uma equipa de futebol feminino, sem esquecer que regressou recentemente com a equipa de Seniores Masculinos com participação no INATEL. Na sua opinião, não merecia ser “olhado com outros olhos”?
Os novos projetos têm-nos permitido continuar a boa dinâmica e com isso aumentar a “família” da UDT, a equipa feminina foi um passo histórico para o clube e para o concelho embora neste momento o modelo competitivo tenha estagnado não por culpa da AF Leiria mas por várias circunstâncias às quais a AF Leiria e alheia. A criação de uma equipa no INATEL vem no seguimento do equilíbrio financeiro do qual não podemos fugir e tendo em conta as dificuldades que a economia portuguesa atravessa com a redução de receitas e patrocínios esta foi a via encontrada pela direção para suprimir a lacuna detetada, para que os jogadores que formamos não tenham um fim de ligação ao clube quando sobem a seniores bem como a oportunidade de muitos ex-jogadores regressarem a “casa”. Acreditamos e confiamos que as entidades competentes valorizam o nosso esforço diário.

O clube sente dificuldades notórias, nomeadamente com a necessidade da colocação de um relvado sintético, o que tem levado ao longos dos anos a perca de diversos atletas para clubes “vizinhos”. Acredita que um sintético irá cativar mais jovens atletas a jogar na UD Turquel e ajudar a desenvolver ainda mais o clube?
Esse é o nosso sonho, e quando falo de nosso, refiro-me não apenas à direção, mas também aos atletas, aos pais, aos ex-jogadores, em suma a todos os que têm ou tiveram ligações com o clube. Acredito piamente que a colocação de um relvado sintético será benéfica para o clube em vários pontos, tais como: o surgimento de novos atletas, evitar a saída de atletas para outros clubes em busca de melhores condições e com isso dar-se-á o crescimento sustentado do clube.

Ainda à cerca de uma semana, devido à chuva intensa que se fez sentir sobre o Campo Relva da Lagoa, deixando-o impraticável, o clube teve que pedir “a casa emprestada” ao Beneditense para puder disputar o jogo de seniores masculinos. Sente que é cada vez mais urgente que esta situação seja resolvida, para que casos destes não voltem a acontecer?
Em representação da União Desportiva de Turquel aproveito para agradecer publicamente a gentileza prestada pelo Beneditense.
Devido ás alterações climatéricas que se têm feito notar nos últimos anos, é possível que num futuro próximo mais episódios destes possam acontecer, mas que terão o adiamento como fim, pois esta foi uma situação isolada. Sem dúvida que a colocação de um relvado sintético resolveria e muito situações como esta.

A situação geográfica do clube, onde fica numa zona onde o hóquei em patins predomina, não beneficia, mas na sua opinião, com outro tipo de condições que possam ser disponibilizadas essa situação poderá ser invertida?
Pensamos que a vila de Turquel pode estar satisfeita com a oferta desportiva existente na freguesia, onde pontificam estas duas grandes instituições, e não é por praticarmos um desporto diferente que deixamos de ter orgulho nos feitos que o Hóquei de Turquel tem apresentado, levando o nome da vila de Turquel bem longe tanto a nível nacional como europeu. Ao longo da historia sempre foi possível a existência dos dois clubes é normal que o melhorar de condições possa trazer mais atletas para a UDT mas isso não tem de significar menor numero de atletas no hóquei, pois sempre houve e sempre vai haver pessoas a gostar mais de um desporto do que outro, é a lei da vida.

Projetos futuros para a União Desportiva de Turquel. O que pode avançar aos sócios e simpatizantes do clube?
Os projetos vão surgindo á medida que vamos ultrapassando etapas, neste momento o principal projeto passa pela sensibilização das entidades competentes para a necessidade de igualar as condições de treino dos nossos atletas, acabando desta forma com as injustiças que os nossos atletas são alvo aquando da receção a outros clubes do distrito. Vamos diariamente caminhando com as nossas dificuldades para manter o nome do clube respeitado, valorizado e sobretudo para que se continuem a formar amizades duradoras, que se continuem a formar homens e mulheres, que continue a haver reconhecimento por parte de atletas pelo papel que o clube detém na sua formação cívica entre outros.

2 respostas

  1. Espero que a camara municipal apoie ,fui treinador jogador desse clube na época 88/89 na época do Sr.Galinha na direção.,essa gente mereçe bem ser apoiada e ajudada,,a todos um abraço…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found