Alcobaça. Locais partilham a história dos rios e moinhos através de exposição

Neuza Santos
Jornalista Estagiária

Foto por Rios de Portugal

Homenagear os rios Alcoa e Baça é o propósito da exposição Rios de Portugal: Rio Alcoa & Baça. Patente até ao final do ano, no piso superior da Central de Confluência dos Rios, localizada no Jardim do Amor, em Alcobaça, a mostra é organizada pelo projeto Rios de Portugal, em parceria com a Câmara Municipal de Alcobaça.

Aqui podem ser vistas três telas de pintura de maiores dimensões, três documentários sobre os rios Alcoa e Baça, e sobre os Moinhos de Chiqueda. Também há 200 ilustrações dos rios portugueses. A “intervenção das pessoas locais está nos vídeos”, avança Hugo Pedras, diretor artístico do projeto Rios de Portugal, a’O ALCOA. Nos documentários participaram, por exemplo, “antigos moleiros, a vereadora da Câmara Municipal de Alcobaça, Inês Silva, a presidente da Junta da União de Freguesias de Alcobaça e Vestiaria, Isabel Fonseca, e Jorge Soares, o presidente da Associação de Produtores da Maçã de Alcobaça”, destaca Hugo Pedras. Desta forma, foi “criado um espaço de informação focado nos rios e nos moinhos, e foi deixada uma ferramenta para cuidar dos mesmos”, sublinha. A iniciativa Rios de Portugal pretende alertar a população “para a importância dos cursos de água. Numa era em que imperam os bens materiais, queremos resgatar as pessoas de volta à natureza”.

Saiba mais na edição impressa e digital de 23 de junho de 2022.

Neuza Santos
Jornalista Estagiária

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found