Alcobaça. Michel Finck espelha a imaginação nas suas pinturas expostas na biblioteca

Neuza Santos
Jornalista Estagiária

“¿Ilusaginação? Uma Ilusão ou uma imaginação” é a exposição de pintura, de Michel Finck, patente na Biblioteca Municipal de Alcobaça até ao final do mês. Composta por 27 peças feitas maioritariamente com acrílico e combinações mistas, a exposição “retrata a ilusão e a imaginação, uma vez que a fotografia é objetiva, enquanto a pintura é transformada pela minha imaginação”, avança Michel Finck, autor da mostra, a’O ALCOA.

Em 2010, veio de França para Alcobaça com a mulher, Brigitte. Neste sentido, denomina-se como “alsaciano, mas sinto-me agora português de coração”. Michel Finck começou a pintar com 70 anos, como forma de “passatempo”, e admite que “pinto o que me atrai”, desde “as meninas e seus chapéus, o litoral português, entre o céu e a terra, o que flutua e entre o céu e o mar”. Para Michel Finck, o “interesse esperado, em qualquer exposição, é “pendurar” o que foi trabalhado, sendo que “o essencial é mostrar uma abordagem para uma evolução em técnicas mais específicas”.

Saiba mais na edição impressa e digital de 23 de junho de 2022.

Neuza Santos
Jornalista Estagiária

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found