Alcobaça. Parque de caravanas gratuito com muita procura

Catarina Reis
Jornalista

São perto das duas da tarde, de 17 de janeiro. No parque de caravanistas de Alcobaça é hora de almoço para um dos ocupantes, Leopoldo Alvarez, oriundo da Galiza, Espanha. Instalado naquele espaço do Município de Alcobaça há dois dias, o jornalista, de 72 anos, reformado do jornal “El Mundo”, onde fazia sobretudo artigos de viagens, caracteriza-o como “um local fantástico e muito bem localizado”. Apesar de se admirar da gratuitidade dos serviços como água e luz e de não ter visto nenhuma entidade no local a informar ou a verificar quem ali estaciona a sua caravana, mostra-se agradado pelas condições e localização, que lhe permite conhecer e fruir de Alcobaça a pé, ou utilizando a bicicleta que traz na sua autocaravana. “Só tenho a recomendar”, revela.

Impressão partilhada por Noémia Simões, de 61 anos, que veio de Sesimbra com o marido. “Chegámos a 16 de janeiro e o parque estava cheio, já só havia lugar para nós”, adianta. A turista portuguesa, que veio conhecer melhor Alcobaça, destaca as condições e a centralidade do local. “É muito raro encontrar um espaço para os autocaravanistas em Portugal, onde se possa ficar tão perto de tudo”, nota, apontando vantagens pelos benefícios concedidos, como o de não terem de pagar a ocupação. Porém, contrapõe, “acabamos por investir esse custo na terra porque ficamos mais tempo, almoçamos e fazemos compras no comércio local”.

Leopoldo Alvarez destaca a centralidade e a gratuitidade como uma mais-valia

Saiba mais na edição impressa e digital de 20 de janeiro de 2022.

Catarina Reis
Jornalista

6 respostas

  1. Eu vivo em Alcobaça e estou de acordo com a existência do Parque. Estando o Parque aberto aos turistas nacionais e estrangeiros faz com que se fixem por uns tempos na cidade e é uma mais-valia para os comerciantes, restauração e lazer.
    Deixo aqui a minha sugestão.
    1- Porém um vigilante a partir das 18 horas até às 09 horas da manhã. Existe uma casa para ficar a guardar o Parque.
    Dar mais conforto nas casas de banho. É uma grande necessidade. Alcobaça precisa de enovar mais o pouco que tem.
    Bem haja quem escolhe Alcobaça para o seu descanso!

  2. A ASA de Alcobaça devia de ter os lugares de estacionamento devidamente marcados no chão, lotação máxima e uma utilização máxima de 48h ou 72h.

  3. Por favor, fiscalizem quem fica mais de 48h e obriguem os a sair, para dar ipotese a que vai de passagem conhecer a vossa linda terra. Tem pessoal a ficar ai semanas de borla a ocupar as vagas, especialmente estranjeiros.
    Promovam a rotatividade, pois isso não é parque de campismo.
    Sou autocaravanista e por duas veses tive de seguir viagem devido aos abusadores.
    Metam a eletrecidade paga.
    Obrigado

    1. Há sempre k dizer… homem deixe a electricidade assim… nem todos são ricos como você… se não há lugar ali vá para acolá…

    2. A eletricidade numa ASA é a maior asneira de quem é responsável, a prática de itinerância dos verdadeiros autocaravanistas está posta em causa uma vez que os lugares disponíveis serão sempre poucos ou nenhuns. A autarquia sem o perceber é a mais prejudicada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found