Cultura

Alcobaça. Pedro Luís, o poeta que sonha ser cardiologista

Pedro Luis_COR

Aprendeu a ler sozinho, com apenas três anos de idade. E é a ler de tudo um pouco, “para ter ideias e adquirir conhecimentos”, que gosta de ocupar os dias, a par da poesia que lhe «nasce» naturalmente. É também nos livros que Pedro Luís, de 11 anos, encontra inspiração para os poemas que escreve e partilha, com um à vontade de gente crescida, nas sessões dos Amigos das Letras, grupo do qual faz parte há poucos meses.

Simpático, sorridente e interessado, o jovem aluno do 5.° ano da Escola Frei Estêvão Martins, do Agrupamento de Escolas de Cister, em Alcobaça, contou a’O ALCOA que chegou ao grupo de autores por intermédio da mãe, que trabalhava no CEERIA – Centro de Educação Especial, Reabilitação e Integração de Alcobaça.

 

Saiba mais na edição impressa e digital de 12 de junho de 2020.

Outras notícias em Cultura