Cela. Falta de médico de família motivou vigília esta terça-feira

A 9 de novembro, houve uma vigília junto do Centro de Saúde da Cela. O motivo: a falta de médicos de família.
Rogério Raimundo, um dos organizadores da concentração, relembrou, na reunião de câmara, realizada a 8 de novembro, que há “famílias com menos posses económicas que não podem ir a clínicas de saúde particulares”. Por isso, a população está a “fazer pressão para que o assunto seja resolvido”.

Desde o final de outubro, o Centro de Saúde da Cela “não tem médico de família”, recordou o antigo vereador. Atualmente, um médico da extensão de saúde do Pinhal Fanheiro, Vítor Ferreira, assegura a resposta ao Centro de Saúde da Cela mas, sublinhou, “não consegue dar assistência a todos os celenses, uma vez que só dá consultas às terças e quintas-feiras, durante meio-dia”. No entanto, “alguns utentes precisam de acompanhamento regular, devido a doenças crónicas, e é algo que não acontece”, constata Rogério Raimundo.

Saiba mais na edição impressa e digital de 11 de novembro de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found