Dança. Beneditense assina contrato com companhia de Hamburgo na Alemanha

Desde sempre Anita Ferreira queria ser bailarina, e com o passar dos anos, a beneditense, de 19 anos, percebeu que a sua paixão pela dança continua. Segundo diz a’O ALCOA, “é uma forma de comunicação, pois não consigo expressar por palavras aquilo que sinto enquanto danço”, sendo que os estilos de dança mais praticados são: o ballet clássico, neoclássico e contemporâneo.

Com “muita evolução e trabalho”, a beneditense vai iniciar um contrato de aprendiz, com duração de um ano, na escola de Ballet de Hamburgo – John Neumeier, em Hamburgo, cidade alemã, em agosto próximo. A audição para conseguir o contrato foi feita em fevereiro. Todavia, em 2020, Anita Ferreira enviou um vídeo para a companhia de ballet e foi aceite como estudante, o que a levou a mudar-se para Hamburgo.

Para a jovem, a principal diferença entre ser estudante e ter um contrato de aprendiz foca-se no ato da performance. Isto é, enquanto estudante, Anita Ferreira dedicava-se, maioritariamente, à técnica e em aprender o reportório de John Neumeier. O estudo estava relacionado com a “maturidade do movimento”, exemplifica. Já como aprendiz, o foco está no “espetáculo, e aqui temos de trabalhar todos os bailados de John Neumeier”. Nesta fase é “possível haver atuações todas as semanas”, adianta. Por isso, a bailarina quer “aproveitar todos os momentos e continuar a trabalhar para ter resultados”.

Saiba mais na edição impressa e digital de 4 de março de 2022.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found