Integração. Nove dos 39 timorenses alojados em Alfeizerão já conseguiram trabalho

Catarina Reis
Jornalista

“Estamos a acompanhar a situação e trabalhar em parceria com a Segurança Social e a Secretaria de Estado para as Migrações”, disse a’O ALCOA Hermínio Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, sobre um grupo de timorenses que veio há três meses para o concelho, depois de alegadamente terem sido aliciados para trabalhar em Portugal, sendo depois abandonados.
O Alto Comissariado para as Migrações, entidade que disponibiliza os seus vários serviços de apoio à integração, através dos Centros Nacionais de Apoio à Integração de Migrantes e dos Centros Locais de Apoio à Integração de Migrantes, confirmou a’O ALCOA estarem “na Pousada da Juventude de Alfeizerão 39 cidadãos timorenses, maioritariamente jovens, com uma idade média de 29 anos, que se encontram em diferentes fases do seu processo de integração”, e que a estes cidadãos é prestado um acompanhamento e apoio, “através da atuação multidisciplinar no território, nos domínios da empregabilidade, regularização documental, acesso à saúde e rastreios e aprendizagem da língua portuguesa”. Além destas, estão ainda a ser programadas “atividades culturais e ações de capacitação/informação, nomeadamente sobre direitos e deveres, técnicas de procura de emprego e gestão do orçamento pessoal”.

Saiba mais na edição impressa e digital de 26 de janeiro de 2023.

Catarina Reis
Jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found