Mosteiro de Alcobaça recebe obras de conservação

Enquanto o Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça se prepara para se «vestir» de açúcar até ao próximo domingo, com a XVIII Mostra Internacional de Doces & Licores Conventuais, estão em curso trabalhos de conservação há muito esperados e que tiveram início nos primeiros dias de novembro. Um investimento da Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) na ordem dos 123 mil euros.
As obras atuais contemplam, entre outras áreas, a fachada do monumento; reparação de caixilharias, janelas e vitrais; e a reabertura ao público de espaços fechados, como a Capela da Senhora do Desterro, efe-tuados por várias etapas.
A primeira fase, orçada em 116 mil euros, adjudicada à empresa In Situ e que deverá estar concluída até final do ano, centra-se nos elementos pétreos e caixilharias da fachada norte. “Local que apresenta maiores problemas ao nível de conservação” explicou a diretora do Mosteiro, Ana Pagará, no dia 4 de novembro, durante a apresentação da mostra de doces conventuais, garantindo que não irão afetar o evento, que decorrerá normalmente.

(Saiba mais na edição em papel e digital de 17 de novembro de 2016)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found