Mostra. Mais de 50 mil pessoas saborearam os 25 anos da melhor doçaria conventual

Catarina Reis
Jornalista

“O que é doce nunca amargou”. Esta expressão tão popular encaixa perfeitamente na 25.ª edição da Mostra Internacional de Doces & Licores Conventuais, em Alcobaça, justificando a presença de mais de 50 mil pessoas que, de 16 a 19 de novembro, estiveram no Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça para ver e provar o que de melhor se faz na doçaria conventual. Alguns pela primeira vez e outros repetentes, como Ana Antunes e Maria Helena Alves, alcobacenses que não perdem uma edição. “Vimos todos os anos”, disseram a’O ALCOA, achando a mostra “interessantíssima”. Conforme justificou Ana Antunes, “este ano, com a exposição do pão, que era também um produto essencial, está muito bom”. A exposição de pão, realizada por Nuno Pina, da confeitaria A Lenda, da Benedita, foi um dos atrativos do certame, a par com a mostra de “Mérito em Retrospetiva 25 anos – 25 premiados”, que celebrou as obras de arte da gastronomia portuguesa confecionadas pelos vencedores dos doces e licores escolhidos com o primeiro prémio, nos concursos entre 2000 e 2022.

Saiba mais na edição impressa e digital de 30 de novembro de 2023

Catarina Reis
Jornalista

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found