Município de Alcobaça participa nas Jornadas Europeias do Património

O município de Alcobaça associa-se às Comemorações das Jornadas Europeias do Património, com um conjunto de iniciativas a desenvolver nos dias 23, 24 e 25 de setembro enquadradas no tema Comunidades e Culturas.
Este tema, adotado em 2016. A partir do tema o município promove um programa de divulgação e de sensibilização dos elos de ligação entre o património e a comunidade contribuindo para a valorização da cultura nas suas múltiplas dimensões: patrimoniais, culturais e turísticas.
Este ano, para além do dia aberto nos museus, nos três dias das Jornadas, contemplando entradas gratuitas no Museu do Vinho, o programa estende-se do centro histórico de Alcobaça ao Mosteiro de Coz.

Iniciam-se as Comemorações, intensivamente, a 23 de setembro com uma programação muito dirigida ao público escolar: inauguração de uma nova oferta lúdico-pedagógica do serviço educativo do Museu do Vinho de Alcobaça denominada “Jogos Tradicionais da Vindima”, bem como a oportunidade de visitas guiadas ao centro histórico de Alcobaça, inseridas na “Rota dê Lugar ao Amor”, ou a participação no Peddy Paper “Uma aventura em Alcobaça”, – ações que envolvem grupos escolares em percursos históricos da cidade. O primeiro dia culminará numa caminhada noturna ligando os dois principais monumentos cistercienses de Alcobaça [Mosteiro de Alcobaça e Mosteiro de Coz], promovendo a união da comunidade com o território e o seu património histórico e cultural.

O programa prossegue no dia 24, com o lançamento do livro “500 Anos dos Forais Manuelinos de Alcobaça”, cuja apresentação estará a cargo do Professor Saul Gomes (coordenador científico desta nova publicação), coincidindo assim as Jornadas com o encerramento das Comemorações dos 500 Anos da Outorga dos Forais do Concelho de Alcobaça por D. Manuel I, que tiveram início em 2014.

As Jornadas encerram a 25 de setembro, com três iniciativas protagonizadas por projetos culturais e artísticos desenvolvidos pela e com a comunidade local: a tertúlia lírico-poética “À Taberna” organizada pela Terra Mágica das Lendas (Benedita) e a exposição “Passado Presente. Arte em Comunidade” do Coletivo Amigos das Artes (Alcobaça), ambas a ocorrer no Museu do Vinho de Alcobaça e o workshop “Mão no Junco e no Tear” orientado pela Coz’Art (Coz) a propósito da exposição “Junco” organizada em parceria com a ESAD.CR, que está patente em Coz durante estas Jornadas Europeias do Património.

23, 24 DE 25 SETEMBRO 2016 – DIA ABERTO NOS MUSEUS

 

Museu Raul da Bernarda

  • Dia Aberto: Entrada livre com visitas guiadas à exposição permanente

10h00-12h00 | 14h00-17h00

A exposição permanente divide-se em duas salas: “Os Trajes do Rancho do Alcoa, alusivos à louça de Alcobaça” e a “Coleção de Cerâmica Raul da Bernarda”. A coleção do Rancho do Alcoa é composta por um espólio doado à autarquia pelos antigos membros da coletividade cuja exposição retrata a memória histórica, etnográfica e artística de um passado marcante da vida social e cultural de Alcobaça. Já a coleção da Raul da Bernarda regista e enaltece um património com mais de 135 anos de memória e cujas peças únicas, expostas cronologicamente, documentam a beleza, a importância e a riqueza da indústria da cerâmica de Alcobaça.

Público-alvo: geral

Duração: 30 min

Marcações: museus@cm-alcobaca.pt | 925651638

 

Núcleo Museológico da Central da Confluência dos Rios

  • Dia Aberto: Entrada livre com visitas guiadas à exposição permanente e temporária

14h00-17h00

Pequeno núcleo museológico que documenta e interpreta o surgimento e desenvolvimento da energia elétrica em Alcobaça. Esta pequena central hidroelétrica faz conjunto arquitetónico com o Palacete Araújo Guimarães (antiga Fábrica Alimentícia e hoje Biblioteca Municipal) e terá funcionado, originalmente, como moinho de farinha até finais do século XIX. O engenho beneficiaria da ação de Júlio Biel (da Emile Biel & Herdeiros), transformando o local numa hídrica de média potência, com capacidade para o fornecimento de iluminação privada. Este dado, faz deste património um vestígio tecnológico de alto-relevo local, regional e nacional, posicionando Alcobaça no quadro de referência do pioneirismo da energia elétrica nacional.

O Núcleo da Central da Confluência dos Rios situa-se no Jardim do Amor e integra a Rota dê Lugar ao Amor.

Público-alvo: geral

Duração: 30 min

Marcações: museus@cm-alcobaca.pt | 968497832

 

Museu do Vinho de Alcobaça

  • Dia Aberto: Entrada livre com visitas guiadas à exposição permanente

10h00-11h00-12h00-14h00-16h00-17h00

Adega dos Balseiros – Adega dos Depósitos – Taberna

Atualmente os museus deixaram de ser um arquivo de depósito de “coisas velhas” e passaram a ser um centro interativo, com carácter pluridisciplinar. O museu é um meio de aprendizagem único e estimulante, que proporciona um espaço onde os objetos e as ideias podem ser explorados. A vista guiada ao maior e mais completo museu nacional dedicado à cultura do vinho, evoca a história, a cultura, o território e as gentes do vinho e promete criar uma experiência única e inesquecível.

Público-alvo: geral

Duração: 1 hora

Marcações: museus@cm-alcobaca.pt | 96849783

 

 

23 SETEMBRO 2016 – PROGRAMA PARA A COMUNIDADE ESCOLAR

 

Museu do Vinho de Alcobaça

  • Oficina Lúdica: “Jogos Tradicionais da Vindima”

10h00 | 14h00

Visita guiada ao Museu do Vinho complementada com a realização de jogos tradicionais, antes utilizados pelas pessoas como ocupação lúdico-festiva durante a época das vindimas.

Os jogos populares associados à vitivinicultura, nasceram no Alto Douro e foram criados a partir do trabalho que se realizava na vinha e na produção do vinho. Esta atividade lúdica associada à cultura do vinho tornava o trabalho menos árduo, promovendo em simultâneo um momento de união dos trabalhadores vinhateiros. Os jogos populares da vinha e do vinho serão reproduzidos no museu de uma forma original: serão realizados por estações e em equipas, onde cada jogo somará pontos que darão a vitória à equipa vencedora.

Público-alvo: escolar

Nº Participantes: 2 turmas

Duração: 1 hora e 30 minutos

Marcações: museus@cm-alcobaca.pt | 968497832

 

Centro Histórico de Alcobaça

  • Percurso Pedestre: “Rota dê Lugar ao Amor”

9h30| Centro Histórico de Alcobaça

Circuito patrimonial envolvendo os pontos mais emblemáticos da cidade. Percurso com extensão de cerca de três quilómetros, adornado pelas marcas históricas, urbanas e arquitectónicas de excelência da cidade, evocando memórias e vivências que vão desde os palacetes românticos, aos jardins e praças públicas, passando pelos edifícios históricos e o património artístico e religioso, onde pontifica a magnitude do Mosteiro e a sua envolvência.

Público-alvo: escolar

Nº Participantes: 2 turmas

Duração: 2 horas

Marcações: Posto de Turismo de Alcobaça – Tel. 262582377 | turismo@cm-alcobaca.pt

 

Centro Histórico de Alcobaça

  • Peddy Paper: “Uma aventura em Alcobaça”

9h30 e 15h30 I Centro Histórico de Alcobaça

Através de uma viagem pela cidade, propõe-se percorrer os segredos da mesma e encontrar locais e recantos que narram histórias de todos os tempos.

Público-alvo: Ensino Básico (constituição de equipas com 6 a 10 alunos e acompanhados por um monitor)

Nº Participantes: 2 turmas

Duração: 2 horas

 

23 SETEMBRO 2016 – PROGRAMA NOTURNO

 

Mosteiro de Alcobaça – Mosteiro de Coz – Mosteiro de Alcobaça

  • Caminhada Noturna: Mosteiros Abraçam a Comunidade

20h30 | Partida: Mosteiro de Alcobaça

Percurso pedestre ligando os dois principais monumentos cistercienses de Alcobaça [Mosteiro de Alcobaça e Mosteiro de Coz], um momento de especial união da comunidade com o território e o seu património de mais alto-relevo histórico e cultural.

Público-alvo: geral

Duração: 4 horas

Nota: a exposição “Junco” estará aberta durante o periodo de permanência dos caminhantes (local: antiga adega das monjas, em Coz

 

24 DE SETEMBRO – PROGRAMA DE FIM-DE-SEMANA

 

Centro Histórico de Alcobaça

  • Percurso Pedestre: “Rota dê Lugar ao Amor”

10h30| Centro Histórico de Alcobaça

Circuito patrimonial envolvendo os pontos mais emblemáticos da cidade. Percurso com extensão de cerca de três quilómetros, adornado pelas marcas históricas, urbanas e arquitectónicas de excelência da cidade, evocando memórias e vivências que vão desde os palacetes românticos, aos jardins e praças públicas, passando pelos edifícios históricos e o património artístico e religioso, onde pontifica a magnitude do Mosteiro e a sua envolvência.

Público-alvo: geral

Nº Participantes: 20

Duração: 2 horas

Marcações: Posto de Turismo de Alcobaça – Tel. 262582377 | turismo@cm-alcobaca.pt

 

Coz

  • Lançamento de Livro:500 Anos dos Forais Manuelinos de Alcobaça”

16h00 |  Mosteiro de Santa Maria de Coz

Apresentação Professor Saul Gomes

Encerramento das Comemorações dos 500 Anos da Outorga dos Forais do Concelho de Alcobaça por D. Manuel I”

Público-alvo: geral

Duração: 2 horas

 

  • Exposição:Junco” – entrada livre com visitas guiadas e demonstrações ao vivo

09h30-12h30 | 14h00-16h00 – Coz (antiga adega das monjas)

Uma mostra de trabalhos inovadores elaborados por alunos da Escola Superior de Artes e Design (Caldas da Rainha) – ESAD.CR no âmbito do projeto COZ´ART. A partir do estudo da técnica de tratar, corar e tecer o junco, ainda hoje utilizada pelos artesãos de Coz (concelho de Alcobaça) e dos tradicionais tapetes e ceiras coloridas e padronizadas,   os alunos da ESAD.CR receberam o desafio lançado pela Câmara Municipal para (através do projeto COZ´ART), proporem novas tipologias de produto, novos materiais e técnicas de produção. “Junco” é a resposta destes alunos ao desafio lançado.

Parceria: Câmara Municipal de Alcobaça; Centro de Bem-Estar e Social de Coz; União das Freguesias de  Coz, Alpedriz e Montes e ESAD.CR

Público-alvo: geral

Duração: 1 hora

Marcações: eurico.leonardo@gmail.com | 916372131

 

25 DE SETEMBRO – PROGRAMA DE FIM-DE-SEMANA

 

Museu do Vinho de Alcobaça

  • Dia Aberto: Entrada livre com visitas guiadas

10h00-11h00-12h00-14h00-16h00-17h00

Adega dos Balseiros – Adega dos Depósitos – Taberna

Hoje os museus deixaram de ser um arquivo de depósito de “coisas velhas” e passaram a ser um centro interativo, com carácter pluridisciplinar. O museu é um meio de aprendizagem único e estimulante, que proporciona um espaço onde os objetos e as ideias podem ser explorados. A visita guiada ao maior e mais completo museu nacional dedicado à cultura do vinho, evoca a história, a cultura, o território e as gentes do vinho e promete criar uma experiência única e inesquecível.

Público-alvo: geral

Duração: 1 hora

Marcações: museus@cm-alcobaca.pt | 968497832

 

  • Tertúlia: “À Taberna”

15h30 | Taberna

Tertúlia em redor das vivências populares, líricas e poéticas no seio das tabernas. Evocação das memórias encantadas do vinho com deus Baco presente e homenagem ao Cavaleiro da Triste Figura – D. Quixote de la Mancha de Cervantes. Estórias ditas e poesia declamada, com degustação de vinho.

Parceria: Terra Mágica das Lendas

Público-alvo: geral

Duração: 2 horas

Marcações: museus@cm-alcobaca.pt | 968497832

 

  • Exposição: “Passado Presente. Arte em Comunidade”Inauguração

17h30 | Adega dos Toneis

Exposição de artes plásticas do grupo informal de artistas e artesãos alcobacenses “Amigos das Artes” cujas obras (pintura, escultura, cerâmica e técnicas mistas) refletem a expressão e visão sensitiva e plástica da comunidade sobre as vivências da terra.

Parceria: Amigos das Artes

Público-alvo: geral

Duração: 1 hora

Marcações: museus@cm-alcobaca.pt | 968497832

 

Coz

  • Exposição: “Junco” – entrada livre – com visitas guiadas e demonstrações ao vivo

10h00-12h30 | 14h00-18h00 – Coz (antiga adega das monjas)

Uma mostra de trabalhos inovadores elaborados por alunos da Escola Superior e Artes e Design – Caldas da Rainha – ESAD.CR no âmbito do projeto COZ´ART. A partir do estudo da técnica de tratar, corar, e tecer o junco, ainda hoje utilizada por artesãos de Coz, no concelho de Alcobaça, e dos tradicionais tapetes e ceiras coloridas e padronizadas, os alunos da ESAD.CR receberam um desafio, lançado pela Câmara Municipal para (através do projeto COZ´ART), de proporem novas tipologias de produto, novos materiais e técnicas de produção. “Junco” é a resposta destes alunos ao desafio lançado.

Parceria: Câmara Municipal de Alcobaça; Centro de Bem-Estar e Social de Coz; União das Freguesias de Coz, Alpedriz e Montes e ESAD.CR

Público-alvo: geral

Duração: 1 hora

Marcações: eurico.leonardo@gmail.com | 916372131

 

  • Workshop: “Mão no Junco e no Tear”

10h00 | Centro de Bem Estar de Coz

No âmbito da exposição “Junco”, que resultou de uma parceria entre a Câmara Municipal, Escola Superior e Artes e Design – Caldas da Rainha e o Centro de Bem Estar de Coz, este último detentor de um projeto que visa recuperar as técnicas de artesanato com Junco e promover esse património através de novas peças e novos desafios, é proposto uma oficina viva de introdução à técnica artesanal de fabrico das ceiras e esteiras de Coz.

Cada participante receberá certificado de participação e levará consigo a esteira produzida.

Público-alvo: geral

Nº Participantes: 9

Preço: 15€

Duração: 4 horas (intervalo para almoço)

Marcações: eurico.leonardo@gmail.com | 916372131

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found