Nuno Santos surfa ondas com um violino «às costas»

Se tocar violino já é uma atividade com bastante complexidade, tocar violino enquanto se surfa uma onda grande, parece impossível. Que o diga Nuno Santos, de 35 anos, natural da Vestiaria. Depois de cinco anos de preparação, no passado dia 23 de dezembro, o professor da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais de Leiria surfou uma onda grande na Nazaré. A ideia é bater o recorde do mundo.
Com este feito, Nuno Santos espera conseguir notoriedade para atrair patrocinadores para o seu projeto. A ideia surgiu há dez anos na mente de Nuno Santos, que a designou de “Um violino nos locais mais improváveis” e que consiste em tocar o violino em locais desafiantes, como no cume de um vulcão ou em plena floresta da Amazónia, como já o fez.

(Saiba mais na edição em papel e digital de 7 de janeiro de 2016)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found