Vida

O poder do chocolate e da amêndoa

Aproxima-se mais uma época festiva que, normalmente, está associada a alguns excessos alimentares – é quase impossível celebrar a Páscoa sem ter uma mesa polvilhada com amêndoas e algum chocolate. Apesar de serem alimentos extremamente calóricos está comprovado que apresentam inúmeros benefícios para a saúde.
Ora vejamos: os benefícios do chocolate estão associados ao seu teor em cacau, o que lhe confere uma quantidade significativa de flavonoides (antioxidantes). Estudos científicos comprovam que o efeito destes antioxidantes, presentes essencialmente no chocolate preto, pode ser protetor no aparecimento de doenças cardiovasculares. Além disso, o chocolate é um alimento rico do ponto de vista nutricional por apresentar uma quantidade significativa de minerais, como é o caso do cálcio, ferro, fósforo e potássio.
Dos vários chocolates presentes no mercado, o chocolate preto é o que apresenta mais benefícios, sendo que o de leite, apenas apresenta maior quantidade de cálcio. Comparando estes dois tipos de chocolate, em relação ao número de calorias, pode dizer-se que são muito semelhantes, sendo que o chocolate preto apresenta maior quantidade de gordura e o chocolate de leite maior quantidade de açúcar.
Para além dos benefícios nutricionais, o chocolate está associado à boa disposição. Facto que se justifica pela capacidade de aumentar a produção de neuro-substâncias que nos dão a sensação de bem-estar e felicidade. É de notar que o chocolate contém substâncias semelhantes à cafeína tendo, por isso, um efeito estimulante.
Quanto à amêndoa, na sua forma natural é um fruto nutricionalmente muito rico. Destaca-se dos restantes frutos secos pela sua grande quantidade de fibra, o que ajuda a regular o trânsito intestinal, principalmente quando ingerida com pele. Rica em ácidos gordos monoinsaturados (“gorduras boas”), a amêndoa é também rica em vitamina E, magnésio e cobre. Estudos científicos demonstram que o consumo regular deste fruto, na sua forma natural, pode ajudar a regular os níveis de colesterol sanguíneo.
No entanto, nesta época é usual consumir amêndoas cobertas com açúcar, o que aumenta o valor energético (calorias) e acaba por ser prejudicial, se consumido em excesso, por aumentar os níveis de açúcar no sangue. Assim, de forma a beneficiar das propriedades nutritivas destes dois alimentos, opte por ingerir amêndoas cobertas por chocolate preto em detrimento de outros doces.
É reconfortante saber que os alimentos que nos dão mais prazer trazem consigo benefícios para a saúde, mas lembre-se que estes alimentos quando ingeridos em grandes quantidades podem trazer mais efeitos negativos do que benefícios.

Outras notícias em Vida