Peregrinos fazem caminhos de Santiago pela quarta vez

“Um misto de emoções muito grande, chora-se, ri-se, pensa-se na vida, na família, nos amigos; é indescritível”. É com esta simplicidade que Agnelo Ferreira, de Pataias, descreve a sua experiência, ao percorrer os Caminhos de Santiago. Uma experiência que, aos 61 anos, vivenciou pela quarta vez, com o seu companheiro de viagem, José Agostinho, um ano mais velho.
Desta vez, a peregrinação levou-os de 10 a 18 de junho, pela Via de Prata, de Chaves a Santiago de Compostela. Foram 240 quilómetros que completaram em oito dias, menos um do que o previsto, apesar das dificuldades originadas pela chuva, que os forçou a desviar o percurso. “Fomos só os dois desta vez, mas nem sempre foi assim”, explica José Agostinho. A primeira vez em 2013, pelo trajeto Valença/Santiago, eram seis. Em 2014, no caminho que liga Portugal a Santiago pela costa, sempre junto ao mar, o grupo era composto por cinco elementos. Em 2015, “o quilómetro zero”, de Santiago, Muxia, Cabo da Morte até Finisterra, de novo, eram mais quatro consigo.
“O caminho deste ano foi com o pensamento nos nossos companheiros que não puderam ir”, acrescenta José Agostinho.

(Saiba mais na edição em papel e digital de 7 de julho de 2016)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Candidaturas abertas

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

Porto de Mós. O projeto do baile dos pastorinhos

08 Mai | Sáb | 09:00

Leiria. O festival de música

15 Mai | Sáb | 19:30

Teatro José Lúcio da Sílvia, Leiria

Porto de Mós. Caminhada nas Minas da Bezerra e Serra da Pevide

08 Mai | Sáb | 09:30

Serra de Aire e Candeeiros, Porto de Mós

Caldas da Rainha. A exposição da ESAD

06 Mai | Qui | 09:00

ESAD, Caldas da Rainha

Leiria. Conferências de saúde, de economia e de ambiente

05 Mai | Qua | 14:30

Teatro Miguel Franco, Leiria

Alcobaça. Biblioteca convida à conversa com…

10 Abr | Sáb | 11:00

online