Opinião

Banner_AfonsoLuis

Presentes de Natal

No Natal trocam-se presentes. Para o crente, o maior presente será a vinda de Jesus a este mundo. Esse é um presente sublime e tem o perfume da eternidade.
Neste Natal, entre os presentes que recebi, contei três livros, todos de interesse invulgar. Dois deles, e ambos com dedicatória dos autores, enquadram bem na época que vivemos: “FRANCISCO de Roma a Jerusalém”, de Henrique Cymerman e Jorge -Reis-Sá, e “O FUTURO DA IGREJA”, de Fernando Calado Rodrigues, o padre Calado, de Trás-os-Montes. É sobre este livro, de enorme importância para quem se interessa pelos problemas que afligem a Igreja Católica, que gostaria de transmitir ao leitor algumas ideias. O prefácio é do Bispo de Leiria-Fátima e termina assim: “Um livro estimulante que vale a pena ler.”
Na introdução, o autor começa por escrever: “A Igreja vive hoje uma nova primavera com o advento do Papa Francisco, semelhante àquela introduzida pelo Segundo Concílio do Vaticano há mais de meio século… e respira um renovado vigor.” O livro aborda questões como as crises, económica, de valores e de fé, a Igreja solidária, o poder político e o Estado Social, os ventos de mudança e os problemas da Igreja, bem como as questões ainda em aberto, a família, a sexualidade, o sacerdócio do futuro, o diálogo inter-religioso, a razoabilidade da fé.
Trata-se de uma obra que recomendo aos leitores, pois, como salienta D. José Cordeiro, Bispo de Bragança-Miranda, “O padre Calado investiga a realidade dos sinais de Esperança, propondo algumas respostas às eternas perguntas acerca do presente e do futuro da relação Igreja e mundo.”

Comentários (1)

  • jose pedro xavier - 9 de Janeiro de 2015, 15:48

    sempre li li este Jornal há anos atraz com muito agrado

Outras notícias em Opinião