S.O.S. Património. Imagem de Santa Maria Madadalena dos Capuchos, évora, arrecadada em museu

Sabe onde se encontra a imagem de Santa Maria Madalena, do convento com o mesmo nome nos Capuchos, em Évora de Alcobaça?

O Convento de Santa Maria Madalena, da freguesia de Évora de Alcobaça, concelho de Alcobaça, foi fundado em 1556, por ordem do Cardeal Infante D. Henrique, abade comendatário do Mosteiro de Alcobaça, que veio depois a ser o último rei da 2.ª dinastia. O convento foi construído na Quinta de Chiqueda, uma antiga propriedade do mosteiro, para abrigar franciscanos capuchos. “Estes frades, que visavam restituir à Ordem de São Francisco a primitiva austeridade e rigor, eram pobres e mendicantes”, adiantou a’O ALCOA o historiador alcobacense Jorge Pereira de Sampaio. Como explica, apesar de não ser um convento de grande opulência, “ao fim de dois séculos teve obras de arte absolutamente extraordinárias e muito interessantes, desde a azulejaria à própria imaginária”. Até 1834, viveram então ali os frades capuchos, ano em que Joaquim António de Aguiar, apelidado de Mata-frades, decretou a extinção das ordens religiosas em Portugal, confiscando os seus bens. Depois deste acontecimento, o convento terá ficado ao abandono, sendo que edifícios e propriedades das ordens religiosas foram muitas vendidas em hasta pública. Exceto a Capela do Senhor dos Aflitos, que foi mandada construir pelo fidalgo de Chiqueda, as dependências do mosteiro passaram, desde há décadas, para “uma família de lavradores, que já virá de algumas gerações”, revela o historiador.

Saiba mais na edição impressa e digital de 12 de maio de 2022.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found