Saúde

Ana Caldeira
Diretora do jornal O ALCOA

O País e a região evoluíram?

Sem dúvida. A nossa integração na então Comunidade Económica Europeia muito contribuiu para mudar a face do País. Veja-se a rede de estradas, as escolas e as infraestruturas que se construíram, a modernização da agricultura, a terciarização da nossa economia e a melhoria nos cuidados de saúde.

Porém, também é certo que os fundos europeus, ontem e hoje, são alvo da euforia de dinheiro fácil, gastando-se muitas vezes mal, com falta de estratégia, rigor e escrutínio. Não houve, nem há, a devida preocupação com as regiões mais desfavorecidas e com a população mais vulnerável. As assimetrias persistem. Quanto à saúde, o SNS foi, sem dúvida, uma grande conquista. Antes, quem não podia pagar, não tinha acesso à saúde. Todavia, a sua qualidade tem-se degradado. A vacinação pôs a nu problemas de gestão. Com a task-force, o mesmo sistema de saúde, exausto e sem recursos, funcionou como um relógio. Como escreveu Camões, “o fraco rei faz fraca a forte gente”. E vice-versa. Gouveia e Melo demonstrou que a liderança competente, e não por convite partidário, pode levar uma organização a superar-se em espírito de missão, a fazer com recursos deficitários quase milagres. Estamos mais desenvolvidos do que em 1970? Claro, e temos democracia! Mas, a democracia deve servir a todos e não podemos, até por isso, ficar para trás. De contrário, outros países mais desenvolvidos continuarão a atrair os nossos recursos mais qualificados. Ainda há semanas, um primo meu, profissional de saúde, frustado, emigrou com a família. Gostava muito que todas as pessoas pudessem ser beneficiárias da ADSE, como eu. Não resolveria as urgências encerradas, mas diminuiriam as listas de espera e os mais pobres teriam melhor acesso a cuidados médicos. Diagnósticos e exemplos a seguir de outros países não faltam. O problema é, como explicou o antigo presidente da Comissão Europeia, Jean Claude Juncker: “Todos sabemos o que fazer, mas não sabemos é como ganhar as eleições a seguir”.

Ana Caldeira
Diretora do jornal O ALCOA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found