Solidariedade. Os padeiros de Aljubarrota

Foto por Catarina Reis

Sábado, nove da manhã. Em Aljubarrota, junto à casa paroquial e à Igreja de S. Vicente, um cheiro bom a pão quente, perfuma o ar e desafia as papilas gustativas. Na terra da célebre Padeira de Aljubarrota, faz-se pão com muita paixão.
Isabel Ramos, de 65 anos, do Cadoiço; Manuela Oliveira, de 70 anos, e o esposo, Manuel Lopes, de 73, de Aljubarrota, são os padeiros de serviço. Voluntários neste espaço, um pequeno anexo adquirido recentemente pela Paróquia de Aljubarrota, onde funcionam agora, dois fornos, que todos os sábados são “aquecidos, com lenha de oliveira, ou outra que haja por aí”, conforme explicou a’O ALCOA Manuel Lopes, o «forneiro» de serviço.
Todos os sábados, fazem pelo menos, duas a três fornadas de pão, broa e pãezinhos com chouriço, dependendo das encomendas e da procura.

(Saiba mais na edição de 5 de setembro do jornal O ALCOA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Candidaturas abertas

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

Porto de Mós. O projeto do baile dos pastorinhos

08 Mai | Sáb | 09:00

Leiria. O festival de música

15 Mai | Sáb | 19:30

Teatro José Lúcio da Sílvia, Leiria

Porto de Mós. Caminhada nas Minas da Bezerra e Serra da Pevide

08 Mai | Sáb | 09:30

Serra de Aire e Candeeiros, Porto de Mós

Caldas da Rainha. A exposição da ESAD

06 Mai | Qui | 09:00

ESAD, Caldas da Rainha

Leiria. Conferências de saúde, de economia e de ambiente

05 Mai | Qua | 14:30

Teatro Miguel Franco, Leiria

Alcobaça. Biblioteca convida à conversa com…

10 Abr | Sáb | 11:00

online