Três histórias doces de iguarias tradicionais

Foto por Catarina Reis

Os pastéis da Padeira, as ferraduras da Póvoa, as queijadas do Bárrio, são três doces tradicionais da região. Conheça as mãos de quem faz estas deliciosas iguarias, unidas por um casamento genuníno de sabores, saberes e amor.

 

pasteis de aljubarrota

Pastéis de Aljubarrota
Amêndoa, ovos e uma pitada de paixão. Assim se pode resumir a receita dos Pastéis da Padeira de Aljubarrota de Paula Cordeiro, marca que patenteou, no Instituto Nacional de Propriedade Industrial. O sabor é comprovado por quem os come, sempre com desejo de mais um.

 

bolosite

Ferraduras da Póvoa
A vontade em manter e preservar o que é tradicional e a paixão pela doçaria, adicionadas a farinha de trigo, limão, erva doce e canela, estão na base da receita dos bolos de ferradura da Póvoa, freguesia de Coz, Alpedriz e Montes. Um bolo tradicional que Fernanda de Almeida, de 74 anos, faz desde pequena.

 

 

queijadas site

Queijadas do Bárrio
Os ingredientes só por si já fazem crescer água na boca: queijo fresco, açúcar amarelo, ovos e canela; na massa, farinha e sal. Uma receita simples que faz crer que é das coisas mais simples que nasce o melhor sabor. É com essa paixão, de quem gosta do que faz, que Oceanira Lourenço, 62 anos, a viver no Bárrio há 42, interpreta e confeciona à sua maneira, as queijadas à moda do Bárrio.

(Saiba mais na edição em papel e digital de 14 de junho de 2017)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found