Opinião

Banner - OPINIAO Ines Honorio

Um centro de investigação para Alcobaça

É sabido que o conhecimento por si só tem valor, o valor de compreendermos o mundo que nos rodeia, enquadrá-lo e mais facilmente encontrar alternativas para eventuais problemas. Num contexto de crise, esse conhecimento é por vezes desvalorizado uma vez que já não há uma relação direta entre o grau académico e o sucesso profissional. É nesse contexto que se deve fazer um esforço para que o conhecimento académico tenha uma tradução prática na melhoria da qualidade de vida dos Portugueses.
Os centros de investigação permitem isso mesmo, dar aos cidadãos resposta a novas necessidades, no entanto, infelizmente os grandes institutos tendem a aglomerar-se nas grandes cidades; mas essa tendência tem vindo a ser contrariada por autarcas que veem nestes centros uma oportunidade de criação de emprego, riqueza e valor intelectual para as suas cidades. Sem dúvida que a instalação de um centro de investigação em Alcobaça traria à cidade uma afluência de alunos de doutoramento e investigadores seniores que provavelmente se fixariam na zona, aumentando a dinâmica económica e social da região. Uma vez que em todos os institutos de investigação parte dos colaboradores são de nacionalidade estrangeira, também contribuiria para uma diversidade cultural saudável e estimulante. Seria essencialmente uma forma de dar suporte tecnológico às inúmeras explorações agrícolas que o nosso concelho possui. Alcobaça beneficiaria com a instalação de um grupo dedicado à pesquisa de métodos de aumento da produção agrícola, intervenção e controlo de pragas ou até como método de certificação e controlo de qualidade dos produtos produzidos na região como por exemplo a maçã.
A investigação científica deverá ser encarada como uma forma de aumentar a cadeia de valor em áreas cruciais do desenvolvimento do país. Mas para isso acontecer terá que haver uma visão global e integrativa daquilo que queremos para o futuro e qual a melhor forma de lá chegar, sem atalhos.

Outras notícias em Opinião

  • O Vaticano e as divindades pagãs

    A ideia de construir um museu nasceu há mais de cinco séculos na cabeça de alguns Papas. A palavra «museu» não existia e, menos ainda,…

  • Princípio da solidariedade

    O princípio da solidariedade é o último dos seis consagrados no Compêndio da Doutrina Social da Igreja (CDSI): ele sintetiza de algum modo os restantes,…

  • O Inferno, o Céu e a oração do rico

    O mês de novembro é dedicado aos mistérios do encontro ou desencontro com Deus. Pode ser um encontro feliz, inesgotável e exultante, ou pode ser…

  • Princípio da participação

    Cada um de nós faz parte de uma família; e, em maior ou menor grau, faz parte de uma ou mais associações, outras instituições, empresas,…

  • O valor do Património Cultural

    “Se destruís o passado, destruís a alma. Ficais sem raízes para corrigir o futuro. Os homens foram notáveis pelo que fizeram de notável”. Palavras colocadas…

  • Princípio da subsidiariedade

    O princípio da subsidiariedade baseia-se na dignidade e autonomia de cada pessoa e família, defendendo que as diferentes organizações privadas, com ou sem fins lucrativos,…

  • Destino Universal dos Bens 2166

    Este é o terceiro princípio fundamental da doutrina social da Igreja (DSI), depois da igual dignidade humana e do bem comum abordados em artigos anteriores…

  • A festa da alegria

    Nestas últimas semanas, a Igreja lançou, em todo o mundo, um projecto renovado de evangelização. Este mês de outubro foi declarado um Mês Missionário Extraordinário,…

  • Rasoamanarivo

    A 7 de setembro, durante a viagem a Moçambique, Madagáscar e República da Maurícia, o Papa fez questão de visitar o túmulo de Victoire Rasoamanarivo,…

  • Francisco e Bento XVI publicam um livro em parceria

    Os autores são Papa Francisco e Bento XVI, o título é “Não façam mal a nenhum destes pequeninos. A voz de Pedro contra a pedofilia”.…