Vestiaria. O serviço de apoio domiciliário em tempo de pandemia

“A maior dificuldade é a aquisição de máscaras, mas para a atenuar contámos com o apoio de outra instituição particular de solidariedade social que nos disponibilizou algumas, num ato de solidariedade”. O testemunho é de Francelina Amado, diretora técnica do Centro Paroquial Nossa Senhora d’Ajuda, na Vestiaria, que retrata a adaptação da instituição às exigências do momento, no serviço de apoio domiciliário que é o único que se encontra em funcionamento e abrange agora também os utentes do centro de dia, que permanecem em suas casas. “Alguns pediram a suspensão de serviços porque os familiares ficaram disponíveis para lhes darem apoio; neste momento, damos resposta a 26 utentes”, explica a diretora técnica.

 

Saiba mais na edição impressa e digital de 16 de abril de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found