Voluntários produzem equipamento de proteção individual para oferecer a instituições

“No início da pandemia, um grupo de pessoas da freguesia de Aljubarrota, com o apoio da junta de freguesia, uniram-se voluntariamente, colaborando com o que era possível para adquirir matéria-prima para a produção de proteção individual”. Assim começa esta história de solidariedade. “Com o material adquirido, comprado com os donativos monetários de muitas pessoas, têm sido feitas máscaras, batas de proteção individual e botas, as quais têm sido distribuídas pelos bombeiros e instituições e, pela comunidade, as máscaras”, explicou a’O ALCOA Joana Caetano, uma das voluntárias deste projeto espontâneo.

 

Saiba mais na edição impressa e digital de 25 de junho de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Candidaturas abertas

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

Porto de Mós. O projeto do baile dos pastorinhos

08 Mai | Sáb | 09:00

Leiria. O festival de música

15 Mai | Sáb | 19:30

Teatro José Lúcio da Sílvia, Leiria

Porto de Mós. Caminhada nas Minas da Bezerra e Serra da Pevide

08 Mai | Sáb | 09:30

Serra de Aire e Candeeiros, Porto de Mós

Caldas da Rainha. A exposição da ESAD

06 Mai | Qui | 09:00

ESAD, Caldas da Rainha

Leiria. Conferências de saúde, de economia e de ambiente

05 Mai | Qua | 14:30

Teatro Miguel Franco, Leiria

Alcobaça. Biblioteca convida à conversa com…

10 Abr | Sáb | 11:00

online