Atual

Património. Azulejos da Estação de Valado dos Frades restaurados

recuperacao azulejos estacao valado dos frades (27)

As conservadoras e restauradoras da Cinábrio – Conservação e Restauro têm os claustros do Mosteiro de Alcobaça à sua frente, retratados em dezenas de azulejos pintados em tons de azul. Estes «tesouros» de 1929, oriundos da Fábrica Aleluia, de Aveiro, fazem parte de um conjunto de painéis da Estação de Comboios de Valado dos Frades, na Nazaré, que, pelas mãos de três técnicas desta empresa, estão a ser alvo de conservação e restauro. “Uma intervenção que contempla sete estações da Linha do Oeste: Mafra, Outeiro, Bombarral, Óbidos, Caldas da Rainha, Valado dos Frades e Leiria”, disse a O ALCOA a Infraestruturas de Portugal, IP, entidade responsável pelo espaço. “A intervenção na Estação de Leiria já está finalizada e a frente de trabalhos encontra-se neste momento na Estação de Valado”, acrescenta a empresa pública.

(Saiba mais na edição de 27 de dezembro de 2018)

Comentários (1)

  • ANTÓNIO PEDRO ANDRADE - 28 de Dezembro de 2018, 12:07

    Agora só falta ressuscitar a linha do Oeste…

Outras notícias em Atual