Saúde

A nutrição da atualidade. Estamos informados ou desinformados?

vida 2457_filipeoliveiranutricionista

A primeira crónica, que escrevi para o jornal, teve como tema a desinformação na nutrição. Como nunca é demais falar sobre o tema, as próximas palavras que irá ler têm como objetivo a consciencialização.
Hoje em dia, deparamo-nos cada vez mais com o desenvolvimento e a utilização das tecnologias das mais diversas formas, seja pela criação de blogs acerca de temas da atualidade, seja também pelo uso de redes sociais, que têm aumentado ao longo do tempo. Cada vez mais, o uso de smartphones e o acesso à internet, de forma inconsciente, têm facilitado o acesso à informação virtual, fomentando o facilitismo e a aquisição de um conhecimento efémero.
É importante esclarecer que muita informação, que é exposta na internet, é feita por amadores isentos de conhecimentos dos temas que estão a mencionar, induzindo os utilizadores da mesma em erro e a adotar métodos incorretos e prejudiciais. Neste sentido, é importante informar-se com técnicos especializados ou, então, pesquisar em fontes fidedignas!
A busca incessante pelo “corpo perfeito”, leva o público a informar-se nas mais variadas fontes e, infelizmente, na maioria das vezes, não recomendadas e desprovidas da verdade. Segundo a gíria popular, “Cada macaco no seu galho”, pelo que devemos falar e defender os atos, temáticas e crenças que nos dizem respeito, e dos quais somos detentores de conhecimento.
Em conclusão, existe um sedentarismo no que toca à busca da informação credível. Seja consciente e informe-se corretamente com técnicos especializados.

Outras notícias em Saúde