Alcobaça. Processo autárquico do PS cria mal-estar no partido

Catarina Reis
Jornalista

O PS de Alcobaça está em polvorosa com as eleições autárquicas. Depois da escolha de Carlos Guerra como cabeça de lista à Câmara Municipal de Alcobaça, Rui Alexandre, presidente da concelhia local, em comunicado, a 22 de março, “exigiu a suspensão da candidatura de Carlos Guerra”, aprovada pela Comissão Política Concelhia no dia 12 de março, considerando-a “precipitada e divisória e que só poderá conduzir os socialistas de Alcobaça a mais uma vergonhosa derrota eleitoral”. Rui Alexandre contesta a forma como alguns elementos da estrutura do partido mudaram o seu voto e a escolha do candidato, admitindo por isso concorrer como independente, “indo ao encontro da vontade de centenas de apoiantes e de simpatizantes”. Acrescenta que se a suspensão não acontecer, “não deixaremos de apresentar um programa renovador e listas independentes a todos os órgãos autárquicos do concelho, compostas por pessoas de reconhecida competência técnica, capazes de honrar compromissos, de dignificar o nosso concelho e de cumprir a vontade de mudança das nossas gentes”.

Saiba mais na edição impressa e digital de 1 de abril de 2021.

Catarina Reis
Jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found