Anti-inflamatório. Algas de São Martinho do Porto são «Poderes da Baía»

Neuza Santos
Jornalista

“Bidé das marquesas” era assim conhecido São Martinho do Porto no século XIX, uma vez que a “nobreza e a alta burguesia vinham de propósito banhar-se nas águas da baía por estarem cheias de algas”. “Mais conhecidas como gelidium corneum, são ricas em propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes”, explica a’O ALCOA Sandro Caçoila. O empreendedor lançou, no final de 2023, o “Poderes da Baía”. O são–martinhense faz a apanha submarina das algas e teve a ideia deste produto por ser usado pela sua família, com o intuito de “dar a conhecer a todos este anti-inflamatório natural, que tem como base a extração do iodo das algas vermelhas”.

Saiba mais na edição impressa e digital de 2 de maio de 2024

Neuza Santos
Jornalista

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PRIMEIRA PÁGINA

PUBLICIDADE

Publicidade-donativos

NOTÍCIAS RECENTES

AGENDA CULTURAL

No data was found