Igreja

Eduardo López. “As pessoas não me procuram a mim, mas a Deus”

900_20062467620274

O Padre Eduardo López nasceu na Guatemala, a 20 de outubro de 1989.
Foi aos 21 anos que sentiu de forma mais evidente o seu chamamento. Entrou para o seminário em 2012 e foi ordenado sacerdote em junho deste ano. Um mês depois, chegou às paróquias da Benedita, Turquel e Évora de Alcobaça, onde é vigário paroquial (coadjutor).

 

O que queria ser quando era criança?
Queria ser engenheiro.

Quando sentiu que ser padre era a sua vocação?
A vocação foi algo que fui descobrindo pouco a pouco. Não foi fácil, nunca idealizei para mim esta vocação. Como todos os jovens, queria tirar um curso e vir a casar. Foi em 2010, depois de uma série de peripécias, que o Senhor me foi convidando a arriscar por Ele, a dar-Lhe uma oportunidade e fazer uma caminhada vocacional.

 

Saiba mais na edição impressa e digital de 10 de dezembro de 2020.

Outras notícias em Igreja