Opinião

Banner_AfonsoLuis

Quinta-feira de Comadres!

Quinta-feira de comadres coincide com a saída deste número do nosso jornal. Esta quinta-feira anuncia a proximidade do Carnaval, e a da semana que aí vem será a quinta-feira de compadres. O carnaval tem uma grande tradição em Portugal, onde há com frequência padrinhos e madrinhas a apadrinhar os desfiles. Há também um rei, com origem na Roma antiga, onde nesta altura se faziam grandes festas, comia-se e bebia-se, e o rei, escolhido pelo povo para aqueles dias, comandava o cortejo nas ruas.
Há quem defenda que o carnaval teve origem na Grécia, nos anos 600 a 500 A.C., com cultos de agradecimento aos deuses pela produção agrícola. Mas foi já no ano 604 da nossa era que o Papa S. Gregório Magno prescreveu a observância do jejum, na Quaresma, nos quarenta dias que antecedem a Semana Santa. Ora, os dias anteriores a este tempo de privação e de penitência passaram a ser chamados gordos, seriam dias dos prazeres da carne (carnis valles em latim) e de folia. Mais tarde, na época do Renascimento, começaram a realizar-se bailes de máscaras e apareceram os carros alegóricos.
O carnaval dos nossos dias, e designadamente o do Brasil, tem origem na cidade de Paris, no século XIX, onde começaram os bailes de fantasia cujo modelo viria a ser adotado um pouco por todo o lado. Curiosamente, o interesse de Paris pelo carnaval viria a desaparecer a partir dos anos de 1950. Também na nossa região se está a esbater, creio, uma tradição antiga, de compadres e comadres estabelecerem relações próprias da época, com o copo e a chouriça a acompanhar.
A terça-feira de carnaval de cada ano é muito fácil de determinar. Ela ocorre 47 dias antes da Páscoa, sendo que o Domingo de Páscoa é o primeiro domingo após a primeira lua cheia do equinócio da primavera, 21 de março.

Outras notícias em Opinião

  • O Vaticano e as divindades pagãs

    A ideia de construir um museu nasceu há mais de cinco séculos na cabeça de alguns Papas. A palavra «museu» não existia e, menos ainda,…

  • Princípio da solidariedade

    O princípio da solidariedade é o último dos seis consagrados no Compêndio da Doutrina Social da Igreja (CDSI): ele sintetiza de algum modo os restantes,…

  • O Inferno, o Céu e a oração do rico

    O mês de novembro é dedicado aos mistérios do encontro ou desencontro com Deus. Pode ser um encontro feliz, inesgotável e exultante, ou pode ser…

  • Princípio da participação

    Cada um de nós faz parte de uma família; e, em maior ou menor grau, faz parte de uma ou mais associações, outras instituições, empresas,…

  • O valor do Património Cultural

    “Se destruís o passado, destruís a alma. Ficais sem raízes para corrigir o futuro. Os homens foram notáveis pelo que fizeram de notável”. Palavras colocadas…

  • Princípio da subsidiariedade

    O princípio da subsidiariedade baseia-se na dignidade e autonomia de cada pessoa e família, defendendo que as diferentes organizações privadas, com ou sem fins lucrativos,…

  • Destino Universal dos Bens 2166

    Este é o terceiro princípio fundamental da doutrina social da Igreja (DSI), depois da igual dignidade humana e do bem comum abordados em artigos anteriores…

  • A festa da alegria

    Nestas últimas semanas, a Igreja lançou, em todo o mundo, um projecto renovado de evangelização. Este mês de outubro foi declarado um Mês Missionário Extraordinário,…

  • Rasoamanarivo

    A 7 de setembro, durante a viagem a Moçambique, Madagáscar e República da Maurícia, o Papa fez questão de visitar o túmulo de Victoire Rasoamanarivo,…

  • Francisco e Bento XVI publicam um livro em parceria

    Os autores são Papa Francisco e Bento XVI, o título é “Não façam mal a nenhum destes pequeninos. A voz de Pedro contra a pedofilia”.…